Little Witch Academia #18 | Análise Semanal - HGS Anime HGS Anime: Little Witch Academia #18 | Análise Semanal

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Little Witch Academia #18 | Análise Semanal


Nessa semana o episódio de little witch academia é um dos mais bonitos até agora, e para a Trigger deve ser difícil lidar com quantidade variável de ação entre as histórias, tentando se adaptar ao grande número de ação em uns e em outros só focando em comédia, por isso os olhos mais atentos identificaram o preço disso. (Cenas no fim do post).


A história seguindo a rotina se deu envolta de mais uma personagem secundária a Constanze na sua personalidade de gênio precisando de isolamento para desenvolver suas ideias, mas encontra Akko com vontade de ajudar, ou “ajudar” do jeito que a Succy fala, pois elas têm um passado em comum.

Essa conexão é feita pela fotografia e pela conversa entre elas e tem uma mensagem, pois sozinhos nunca pensamos em tudo e também temos nossos defeitos, logo ajuda é bem-vinda, mesmo sendo hilariante ver essa ajuda destruir vários robôs e tirar a paciência da Constanze.



E mesmo sendo previsível esse relacionamento, acaba por conseguirem transmitir o que queriam, a cena como um todo delas trabalhando no antigo barco da segunda OVA junta a trilha sonora tocando ao fundo, é um ótimo feito da direção.

Onde por fim elas fazem desse barco um mecha, semelhante ao de Tengen Toppa Gurren Lagann (TTGL), e a transformação é a melhor cena do anime, gostei muito, e tudo isso por quê? Croix adora estar por atrás, mesmo a Constanze sendo sua aluna próxima.

Mas Croix é persistente, ela entrou na Wild Hunter, somente para azucrinar a Akko, se fosse só a Constanze ela nem entraria, afinal ela estragou toda a competição e ainda causou um alvoroço na população local, podendo isso vir a ser um problema, se o povo resolver que magia é algo tão perigoso e desnecessário, e decidam por tirar a escola da região.

E Ursula conseguiu dessa vez perceber tudo, e teve uma conversa com a Croix, essa parte rende uma teoria: Em alguns episódios atrás houve uns frames escondidos dentre eles um trazia uma imagem da população local toda em vermelho e enfurecida, portanto o plano dela deve ser usar eles para atacar a escola.




E na última frase onde ela fala “Não tem nada que você possa fazer para me parar”, é algo necessário, pois Ursula é neutra no anime, com exceção de raros momentos, ela quase nunca agiu e não vemos as suas ações, por isso essa fala coloca ela em urgência ou "xeque-mate" e espero que em ação.

Já o evento em si vinha sendo anunciado no anime há um tempo (análise 15), não ficou claro quem era os participantes, eles podiam ser tantos fantasmas, tanto os caçadores e as caças, ou algum tipo de magia para a população não ver nada daquilo, pena ser destruído, gostaria de ver a Akko ganhar algo pelo menos uma vez. 

Concluindo esse episódio é um episódio bom, trouxe trilha sonora antiga e houve uma evolução, no próximo episódio Diane será o foco, por que precisa da resolução do caso falado no episódio 17 ou anterior, saberemos então mais dela que é uma das minhas personagens favoritas.

Extra:

Eu falava de dois momento que ficaram um pouco estranho no anime e destoaram muito do design, pode não ser um incomodo para alguns:






Analisando as referências:


Reparem na Mão do HellBoy e no martelo do Thor. Tem muitas referências mas não tão convincentes.
A outra referência é diz respeito aos jogadores de LOL, nesse placar, os nomes dos times são de times de profissionais do LOL americano, C9 de Cloud9 e TSM:


A cena da transformação e outro gif muito bonito:





Constanze Kawaii de mais nessa cena, fui obrigado a por aqui.

Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★ (+)



Nenhum comentário:

Postar um comentário


HGS Anime - 2016