quarta-feira, 24 de maio de 2017

Akashi Records #08 Mas.. Que Twist | Análise Semanal


Explicações e Twits!


Quem diria que me surpreenderia tais desfechos que a série de Akashi Records cederia. Esclareceram bem o motivo do "grupo maligno de pesquisa" querer Rumia para alguma suposta necessidade especial - não revelada, muito provavelmente precisa da princesa pela sua grande quantidade de mana que faz dela mais especial que outros seres mágicos comuns; isto também coloca certa coerência no pretexto do ocorrido no arco do torneio - ainda que tenha outros problemas de roteiro bem espalhafatosos.

O Revive Life foi introduzindo seguindo a lógica de "reviver" pessoas com meios ilícios e desumanos com sacrifícios nada sutis. Ao mesmo tempo que a viagem escolar serviu para apresentar ao elenco este tipo de magia, acabara com um grande conflito acontecendo pelo mesmo motivo. É a partir disso que temos algumas explicações e teorias a serem feitas.


A personalidade de Re=L não era simplesmente de um esteriótipo de personalidade infantil, a garota tem realmente um problema por trás da lerdeza e instabilidade que provavelmente se explica com uma doença ou um trauma de sua infância. O motivo do modo de agir da garota pode ser muito bem por causa da morte de seu irmão mais velho que resolveu aparecer no episódio. Ele realmente estava vivo o tempo todo ou foi vítima de um Revive Life como a outra mulher, a traidora, é? Ficou claro para a segunda, pela forma dela se regenerar e agir como uma verdadeira monstro em batalha contra Albert. Mas tratando-se do irmão de Re=L, foi visualmente sério o bastante para poder convencer que não era.


Esses corpos de pessoas que a mulher invocou.. muito suspeito.

A garota carecia de seu irmão mais velho, e suponho que Glenn a tenha salvo no passado, ou coisa parecida, fazendo com que ela ficasse com esse amor lerdo e cego pelo professor; o que mudara drasticamente com o retorno de seu irmão mais velho. Sem nunca ter se recuperado pelo trauma Re=L sofreu uma espécie de lavagem cerebral em confiar nos seus sentidos para acreditar cegamente naquele que diz ser seu irmão (lembrando que não tem como saber se é uma ressurreição ou não). Agora para salvá-lo, sua grande paixão pela qual está literalmente cega, teve de fazer todo este desastre visto no episódio.


A drástica mudança de personalidade de alguém que estava nervosa por querer o professor só para si, que de repente quase o assassinou sem hesitar, só mostra o quão importante e impactante para sua psique é a presença daquele irmão mais velho. Glenn ficou em um estado de quase morte e a garota como se não bastasse ainda conseguiu raptar Rumia, deveremos saber o verdadeiro motivo daqueles estranhos necessitarem dela.


YES! Ainda que inocentemente, YES!

O mais estranho de tudo é a forma como Albert e Sistine tentam curar Glenn, sob uma espécie de maldição. Ficou um pouco confuso, mas vão mesmo tentar algum tipo de Revive Life ou eu entendi erroneamente?


Sobre as batalhas, o mesmo de sempre. Muita jogada de cena e movimentação estática, mas uma direção e trilha sonora até eficazes para cobrir o problema; ainda que comece a ficar bem enjoativo de não se ver nenhuma batalha visualmente importante mesmo nos momentos mais intensivos da série.

Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★ (++)


Extra


No último volume da light novel que saiu este mês, foi colocado um Ranking de Popularidade dos personagens, que segue abaixo:

1. Rumia Tingel 
2. Sistine Fibel 
3. Sera Silvers
4. Glenn Radars 
5. Re=L Rayford 
6. Celica Arfornia 
7. Albert Frazer 
8. Eve Ignite 
9. Lynn Titis 
10. Ren Gradars

Concordam ocm o Ranking? E sim, alguns personagens dele ainda não apareceram no anime. Gosto de Sistine e Rumia de maneira igual pelo tão bem desenvolvido que é o background e personalidade de cada uma, mas só shippo a Sistine com o protagonista.

(Via: http://www.fujimishobo.co.jp/sp/201411rokudenashi/sousenkyo/)

Nenhum comentário:

Postar um comentário


HGS Anime - 2016