Akashi Records #05 | Análise Semanal - HGS Anime HGS Anime: Akashi Records #05 | Análise Semanal

terça-feira, 2 de maio de 2017

Akashi Records #05 | Análise Semanal




E como imaginado, havia uma grande conspiração por trás não só da visita da rainha, mas como de seu Capitão que está manipulando tudo. O episódio 05 consegue se recuperar narrativamente diante do anterior com cliffhangers e desenvolvimento sóbrio.

Outra vez, um ótimo desenvolvimento de personagem ocorre com Rumia em meio a bons toques da direção e trilha sonora. Por mais limitações e esteriótipos que a história apresente, o autor já está provando uma maturidade ideal para com o trabalho dos personagens. A garota, por certo orgulho, não consegue perdoar o que foi feito no passado com sua identidade dada como morta, mesmo que saiba os "bens maiores" pelos quais isto valia. Sua mãe nunca deixou de te amar e a razão de deixá-la aos cuidados de outra família nunca foi por razões pessoais de falta de vontade, a princesa apenas nasceu com uma maldição, ou um dom a mais. Em tamanha situação delicada, levando em conta os possíveis contextos pelo qual o reinado em questão passava, não pode-se tirar uma conclusão precipitada e generalizada de que isto foi certo ou errado. Ainda assim, no momento atual tanto mãe e filha querem se unir novamente, mesmo que por poucos encontros pré determinados pelo destino. O que impede Rumia é a confusão nos seus sentimentos em não ter certeza se realmente deveria, mesmo que seus sentimentos sejam claros pela falta materna que ela sente - sem menosprezar sua atual família que a acudiu bem. 

Glenn fez papel fundamental novamente para a decisão da garota de aceitar o pedido de sua mãe, vossa alteza, satisfazendo o sentimentos de ambas. Sua reflexão passada a garota sobre os arrependimentos que existem em nossas escolhas, por mais singelas e puras de coração que sejam, foi bem montado. É realmente desta forma, podemos fazer uma escolha que venha da alma, do coração, do fundo do nosso ser, mas ainda assim não quer dizer que não iremos nos arrepender - nem sempre a racionalidade, ou mesmo a melhor opção a se fazer em um senso comum é livre de tais desdobramentos. A inserção de seu sermão junto a fragmentos de seu passado torna ainda mais curioso o que ocorrera no passado.

Que belezinha.
O papel de Sistine em fazer o lanche para o professor também foi bem legal de de ver, o tapado nem se deu ao luxo de perceber pela personalidade que o envolve. A garota de cabelos brancos é amável, ainda que tenha seus pontos meio tsundere vendo Glenn fazer idiotices, ou simplesmente estragando seus planos. Está difícil escolher uma best girl entre as duas heroínas principais, ambas possuem forte personalidade, bom desenvolvimento e charme.


Sobre o conflito principal, aquele Capitão por algum motivo não explícito resolveu manipular tudo e a controlar as ordens da rainha. O que Rumia tem a ver com isso? Por que desejaram sua execução em ato de traição? As causas e ideias por trás do plano do dito tão forte guerreiro do exercício que se compara a espadachins de décadas atrás não foi revelada, ocasionando um mistério e suspense que prendem a atenção. Um bom recurso para deixar curiosidade pelos próprios episódios. 

Conceito de estratégia.
Por último, a dupla de cabelo azul não era da escola e sim ex-colegas de Glenn, provavelmente ainda fazem parte daquele grupo de magos reais. O porquê de pagarem as contas com o professor também não está muito claro, mas já fica evidente que ambos serão figuras importantes que o ajudarão contra esse golpe que estão dando na rainha em pleno festival. Isso funcionará bem porque as aparências serão mantidas em meio ao evento. Realmente será apenas Glenn - e seus aliados - que poderão resolver isso por baixo dos panos enquanto ocorre o evento desportivo, muitas revelações deverão ser feitas.

Extra


Mais engraçado que isso foi quando disse a Rumia que "o cara que brigou com Sistine devia ser um tremendo otário". Pobre Glenn. hahahuahauuha

Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★ (++)




Nenhum comentário:

Postar um comentário


HGS Anime - 2016