sábado, 16 de abril de 2016

Primeiras Impressões - Animes Primavera (Abril) 2016


Aqui está a lista de animes da temporada de abril (Primavera) de 2016. Junto de suas informações básicas estarão nossas opiniões sobre o primeiro episódio dos que assistimos junto de uma nota de 1 a 5.
O histórico de edições está ao final do post, e aqui estará apenas um aviso do dia que ocorreu a última atualização.
 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO:  16 / 04 - 12:46
Comentem sobre o que acharam e leia sobre o redator com quem você tem a opinião mais parecida!

***



Título: Bakuon!!
Fonte: Manga
Gênero: Carros, Seinen, Esporte, Slice of Life
Estúdio: TMS Entertainment
Diretor: Junji Nishimura
Número de episódios: -
PV1
Sobre: A história gira em torno de uma colegial que descobre o seu amor por motocicletas. Sakura Hane é uma estudante colegial que parece ser um pouco avoada. Um dia, no caminho para o colégio feminino, ela vê uma garota chamada Onsa Amano subindo a estrada com uma motocicleta. Sakura começa a se interesar por motocicletas, então ela e Onsa entram para o clube de motocicletas do colégio. Sakura então se empenha para conseguir sua licença.

Comentários 

Gapso - No mínimo, diferente. Temos aí o anime sobre garotas e seu clube de motos. A protagonista é aquela menina bobinha e feliz (chata) que conhece outras garotas mais provocativas com o mesmo gosto por motos, uma delas usa o capacete o tempo todo. Elas falam sobre motos, modelos e outras coisas enquanto vemos estampas de marcas e modelos de motos e produtos relacionados ao mesmo em todo canto. É um anime slice-of-life diferente, com uma pegada leve provocações e muita, muita moto. Nota: 3/5



Título: Beyblade Burst
Fonte: Brinquedos da linha Beyblade
Gênero: Shounen, Sci-Fi, Ação, Esporte
Estúdio: Oriental Light and Magic
Diretor: Katsuhito Akiyama
Número de episódios: -
PV1
Sobre: Beyblade Burst é o nome da terceira geração dos brinquedos Beyblade que Takara Tomy lançou em Julho de 2015. Takara Tomy também anunciou em que está trabalhando para sair ao ar no Verão de 2016.

Comentários

Ivan_Artory
Bom, a razão deu estar vendo essa versão do BeyBlade é somente por pura nostalgia da série clássica. O anime em si tem apenas uma única finalidade que é divulgar a nova linha de brinquedos, isso fica evidente na história que bem similar as outras, sem muita novidade. Entretanto alguns elementos estão mais simples e cada vez mais eles tornam a animação em algo menos fantasioso e mais perto da realidade, isso é claramente visto no novo sistema de batalhas e pela falta daquela emoção que tínhamos com aquela famosa frase "Ready Rip" das feras e dos personagens carismáticos das outra séries. Nota: 2.5/5



Título: Big Order
Fonte: Manga
Gênero: Ação, Shounen, Super Poderes
Estúdio: Asread
Diretor: Nobuharu Kamanaka
Número de episódios: -
Sobre: A história gira em torno de um introvertido estudante do ensino médio chamado Eiji Hoshimiya que tem um grande segredo – ele desejou pela destruição do mundo quando era mais novo. Fadas são um poder específico para algumas pessoas chamado Orders, o que os usuários desse poder podem fazer se baseia no que desejam. Dez anos após a Grande Destruição, Eiji é o obrigado a concordar com os termos do seu imenso poder.

Comentários

Gapso - Parece que vai ser muito interessante. O episódio apresentou bem o personagem de certa forma, e deu para perceber que veremos personagens com poderes bem diferentes e distintos. O que eu não gostei foi da direção, esse diretor não conseguiu passar o drama  em nenhum momento do episódio (Como por exemplo na parte que a menina entra no quarto da imrã do protagonista e do nada muda a cena com uma musiquinha animada, wtf), porém a cena final ficou até legal para compensar um pouco. Vamos ver o que será do anime, que tem tudo para ser bom, o problema é o diretor ser novato. Nota: 3.25/5

Lokidrake - O anime apresentou um conceito diferenciado no primeiro episódio e tem em si uma estória que pode haver um bom desenvolvimento ao longo dos capítulos, porém houve uma certa falta de "feeling" nos momentos críticos do anime, isso também implica em uma escolha não muito adequada de trilha sonora para o mesmo. O anime pode prometer um bom desenvolvimento de estória, porém com apenas 10 episódios e com essa falta de momentos dramáticos em certos ápices da estória fica a dúvida que esse possa ser realmente um anime que vá captar muitos fãs. Nota: 2.5/5



Título: Boku no Hero Academia
Fonte: Manga
Gênero: Ação, Aventura, Comédia, Shounen, Super Poderes
Estúdio: Bones
Diretor: Kenji Nagasaki
Número de episódios: 13
PV1 PV2
Sobre: O que você faria se 80% da população manifestasse extraordinários superpoderes chamados "Quirks" aos quatro anos? Heróis e Vilões estariam batalhando por todos os lugares! Se tornar um herói significa aprender a usar o seu poder, mas como você iria estudar? Colegio de Super Heróis é claro! Mas o que você faria se estivesse nos 20% que nasceram sem o Quirk?O estudante do ensino médio Izuki Midoriya quer se tornar um herói mais do que qualquer coisa, mas ele não tem nem um pingo de poder. Sem nehuma chance de entrar na prestigiada escola de heróis, sua vida esta parecendo mais um beco sem saida. Então um encontro com o All Might, o maior herói de todos lhe dá uma chance de mudar o seu destino...

Comentários

Gapso - Realmente um shounen. O anime estava cheio daqueles traços humorísticos e divertidos que um mangá shounen sempre possui. Se estava exagerado? Pra mim não, o BONES está tentando ser o mais fiél possível na adaptação então isso faz parte. A animação está linda, o soundtrack está ótimo também (Mas prefiro a música da end do que a da op). Não duvido nada que tenha mais de uma temporada, pois provavelmente o anime vai fazer sucesso como o original vem fazendo. 13 eps vai ser o suficiente pra provar isso, eu espero. Nota: 4/5

Ivan_Artory - Vou ser bem direto no meu comentário. Esse é um dos - se não o anime  -mais aguardados da temporada. Porém, para aqueles que esperam que esse anime seja tão bom a ponto de fazer jus a fama que possui agora, sinto dizer não acredito que seja tanto assim não. S se trata apenas de mais um Shōnen onde teremos lutas alucinantes, teremos superação, determinação do protagonista seguida daquela rivalidade com o "bam bam bam" que se acha o tal, então nada tão diferente do que já vimos em animes como (Naruto, Bleach, Yu Yu Hakusho, One punch man e etc). Não estou dizendo que o anime é ruim, pelo contrário, a animação está muito bem feita pelo estúdio Bones e a história está interessante. Só que preciso de mais do que isso para me fazer ver uma série com mais entusiasmo. Enfim é um bom anime, e espero que nos próximos episódios as coisas mudem e novos elementos que não são tão comuns surjam. Nota: 4/5 



Título: Bungou Stray Dogs
Fonte: Manga
Gênero: Mistério, Seinen, Sobrenatural
Estúdio: Bones
Diretor: Takuya Igarashi
Número de episódios: 12 episódios em Abril e 13 em Outubro (split cour).
PV1 PV2
Sobre: Nakajima Atsushi foi expulso de um orfanato, e agora não tem comida e nem um lugar para ficar. Enquanto estava perto de um rio, a beira de morrer de fome, ele salva um homem bem vestido que estava tentando se suicidar. O homem é Dazai Osamu, ele e seu parceiro Kunikida são membros de uma agência de detetives especiais. Eles tem poderes paranormais, e cuidam de casos que são muito perigosos para a polícia ou para o exército. Eles estão rastreando um tigre que surgiu na área ao mesmo tempo que Atsushi apareceu. O tigre parece ter conexão com Atsushi, e com o tempo o caso é resolvido, está claro no futuro, Atsushi irá se envolver muito mais com Dazai e os outros detetives!

Comentários 

Gapso - E finalmente estreou um dos que eu mais aguardava. Para quem não sabe, os personagens são baseados em escritores famosos por sua maioria japoneses como Rampo Edogawa, e Dan Brown como exemplo de escritor internacional. Os personagens apresentam nomes, características e falas inspiradas e semelhantes com a dos escritores em que foram inspirados. Agora, falando do episódio:

Começou muito bem misturando humor e drama para falar da situação do protagonista e seu passado, que não foi totalmente mentira quando dito. O humor estava realmente legal e descontraído, aquele personagem maníaco por suicídio era realmente cômico. Cada um mostrou uma parte única e divertida de si. A parte técnica é muito bonita, os traços dos personagens são bem refinados e bem feitos e na hora da ação não deixou a desejar (embora não tenha tantos quadros movimentados na primeira luta), e com certeza terá momentos com animações bem acima da média. A OST estava ótima, como esperado da banda. E a animação da abertura não fica atrás. Para mim, junto com a abertura de Joker Gamer, é a melhor que tem até agora. Foi um ótimo episódio de introdução. Nota: 4/5



Título: Concrete Revolutio: Choujin Gensou 2
Fonte: Original
Gênero: Ação, Super Poderes
Estúdio: Bones
Diretor: Seiji Mizushima
Número de episódios: 12
PV
Sobre: Segunda temporada de Concrete Revolutio
O palco está montado em “um outro Japão”, como um banquete de diversos super-humanos se desenrola… Em uma “idade de deuses” imaginária cerca de 20 anos após a guerra, o Japão cresceu e se desenvolveu aos trancos e barrancos. E se todos os super-humanos já escritos em histórias de ficção existissem ao mesmo tempo? Super-humanos que vieram à existência através de circunstâncias diferentes, e que são especiais em diferentes maneiras – Titãs do espaço sideral, formas de vida a partir de um mundo místico, fantasmas e goblins desde os tempos antigos, cyborgs criados por cientistas, relíquias que subiam das ruínas de antigas civilizações, e a lista continua. Um segmento destes super-humanos não faz segredo de sua existência e ganhou popularidade na sociedade. Outros encobrem suas identidades e lutam em sigilo. Há inimigos dos super-humanos, bem como organizações que operam nas sombras. O governo japonês tomou muitas medidas para garantir a paz e a ordem. Uma delas é a criação de uma organização no âmbito do Ministério da Saúde e do Bem-Estar Social – o Laboratório de Pesquisa de Superpopulação, aka o Superhuman Bureau (Super-humanos Bureau). Sua missão é identificar e abordar super-humanos, em seguida, supervisionar e protegê-los. Um membro da Superhuman Bureau, Hitoyoshi Jirou, é o protagonista desta série.


Título: flying witch
Fonte: Manga
Gênero: Comédia, Slice of Life, Sobrenatural
Estúdio: J.C. Staff
Diretor: Katsushi Sakurabi
Número de episódios: -
PV1
Sobre: A história gira em torno de Makoto Kowata, uma bruxa de 15 anos de idade, e de outros garotos e garotas que a acompanham, com o seu gato preto Chito. A menina um pouco sem rumo mudou-se de Yokohama para viver com seu primo de segundo grau em Aomori no verdejante norte do Japão.




Comentários

Gapso - Acho que este é o anime com o background mais bonito da temporada, realmente muito lindo. Bem, sobre o plot: 

A garota que é uma bruxa foi morar com os primos para recomeçar sua vida. Gentil e inocente, ela age como uma bruxa como se fosse normal, e esta aí a comédia do episódio, em que os personagens ficam espantados de vê-la voar e dizer que não é uma pessoa comum (Com exceção do primo dela que é indiferente, talvez também seja um). 

No mais, foi apenas um slice-of-light beem light e tranquilo. É preciso ver pelo menos mais uns 2 episódios para saber se vale a pena ou não. Nota: 3.5/4

Ivan_Artory
A qualidade da animação realmente me impressionou, e acredito que de todos os animes que saíram até o momento, este foi o que mais me agradou em relação a animação.
A história em si parece que vai ser bem simples no tema em que foi proposto "Slice of Life", prometendo assim muitas risadas com a protagonista e seu estilo exótico e non-sense de vida. Sem dúvida vai ser um dos animes que mais vou curtir assistir na temporada, fugindo assim dos "Hypes" dos quais eu vejo com uma visão muito critica e acabou não assisto com muito entusiasmo. 
Nota: 4/5

Lokidrake
Este é um anime que realmente captou minha atenção, ele possuí traços de qualidade, como nosso colega Gapso disse acima tem um background realmente de se admirar, porém o que mais me captou foi a ambientação e a estória em si: Uma garota colegial que é uma bruxa e se muda para o interior para viver com parentes; a princípio pode-se dizer que seja algo monótono, porém ao meu é um anime que passa uma ideia campestre, algo suave que chega a ser muito confortável de se assistir, com algumas cenas de comédia porém dentro da medida e padrões da obra.Sou muito suspeito ao comentar, pois acompanho o mangá, porém coloco este na minha lista de favoritos. Nota: 5/5


Título: Gakusen Toshi Asterisk 2
Fonte: Light Novel
Gênero: Ação, Fantasia, Ecchi, Sci-Fi, Escolar, Shounen
Estúdio: A-1 Pictures
Diretor: Manabu Ono
Número de episódios: 12
Sobre: Segunda Temporada de Gakusen Toshi Asterisk
A tempestade de meteoros Invertia… Um desastre natural sem precendentes que atingiu o mundo no século XX. Por causa desse desastre, muitas cidades pelo mundo foram destruídas. No entanto, com o meteoro, um elemento desconhecido chamado mana foi descoberto, o que permitiu que a tecnologia humana tivesse rápidos avanços. Isso também fez com que surgisse uma nova espécie humana que já nasce com habilidades únicas — a Geração do Pulso Estelar (Genestella). O cenário para o Festas (Festival dos Guerreiros Estelares), que é maior espetáculo de batalha do mundo, é a cidade acadêmica Rikka, lugar erguido sobre as águas e cercada por seis colégios também conhecida como Asterisk. Tendo se transferido para a Academia Seidoukan para satisfazer suas próprias vontades, o bolsista Ayato Amagiri jura que também vai lutar nesta cidade. O coração de todos vai bater mais e mais forte… Sobem as cortinas para o espetáculo da batalha estudantil!

Comentários

Gapso - Segunda parte do anime. Com uma animação bem acima da média até para o estúdio, com ótimas jogadas de cenas e uma abertura muito bem animada também. Espero que seja melhor que a primeira parte que não me agradou em muitas coisas (Ainda mais se comparado ao  "concorrente" que teve da temporada, Rakudai Kishi). Nota: 4/5


Título: Gyakuten Saiban (Phoenix Wright: Ace Attorney)
Fonte: Visual Novel
Gênero: Comédia, Drama, Mistério, Policial
Estúdio: A-1 Pictures
Diretor: Ayumu Watanabe
Número de episódios: -
Sobre: A CAPCOM anunciou em um evento no Tokyo Game Show que Ace Attorney (Gyakuten Saiban), uma franquia de jogos de tribunal ganhará uma adaptação em anime que irá ao ar no Japão em Abril de 2016.

Comentários

Gapso - Baseado no jogo de 3DS de mesmo nome, não vi muita coisa no anime. Animação meio travada e com um estilo estranho (parece anime antigo, mas não é como se fosse proposital, é falta de verba) e parece que vai ser um tanto quanto parado. Já pra quem é fã da franquia deve gostar. Nota: 1.5/5


Título: Hundred
Fonte: Light Novel
Gênero: Ação, Ecchi, Harem, Mecha, Escolar, Sci-Fi
Estúdio: Production IMS
Diretor: Tomoki Kobayashil
Número de episódios: -
PV1
Sobre: A história começa com o Hundred, a única arma que pode combater a misteriosa forma de vida selvagem que ataca a terra. Para se tornar um Slayer (mestre das artes militares) que empunha esse Hundred, o protagonista Hayato Kisaragi entra com sucesso no Little Garden, uma cidade flutuante. Contudo...

"Eu quero conheçe-lo, Hayato!!"
"Q-Quem é você...?"
Hayato sente uma sensação estranha, mas familiar de incompatibilidade com Emil Crossford, sua colega de classe que de alguma forma o conheçe de algum lugar. Além disso, assim que ele entra na escola, ele é desafiado para um duelo pela "Queen" (o Slayer mais poderoso da escola) Claire Harvey!

Comentários 

Momong4- Esse eu vou ser direto! Horrível, clichê demais, da ânsia de assistir (Bom,mas tem gosto pra tudo). Só assisti por assistir, me decepcionei( Pode melhorar?!Pode), mas na minha opinião a primeira impressão é que deixa. O protagonista segue aquele padrão de anime clichê,nada que o destaque tanto,animação é legal, nada tão surpreendente. Nota: 1/5

Lokidrake
Este é mais um dos animes clichês da temporada com colegiais que possuem super poderes/habilidades e um harém cheio de fã service. Apesar do termo clichê que citei acima achei um anime que possuí um designer de personagens de qualidade, porém as cenas de ação não apresentam nada acima da média, com ressalva no fato de que em todos os episódios lançados até o momento houveram cenas de ação, o que por um ponto me agrada, pois geralmente neste gênero de anime os combates e lutas sempre se desenvolvem mais para o final da trama. Outro aspecto que ressalto é o desenvolvimento da estória, apesar de seguir o padrão do gênero algumas divergências me captaram mais a atenção, como por exemplo o protagonista apesar de possuir um poder oculto muito poderoso ele não é do tipo de protagonista que já é o "grande herói, mais poderoso, o fodão" logo de início, é um tipo de herói que vai lapidar suas habilidades no decorrer do anime. Um fato que me desagradou um pouco foi a revelação prematura do seu segredo, porém nada que um bom desenvolvimento de estória não possa resolver. Nota: 3.5/5


Título: Joker Game
Fonte: Manga
Gênero: Histórico, Militar, Seinen
Estúdio: Production I.G
Diretor: Kazuya Nomura
Data de estreia: Abril
PV1 PV2
Sobre: Em 1937, antes da Segunda Guerra Mundial começar de verdade. O tenente-coronel Yuuki do Exército Imperial Japônes forma a "Agência D", uma unidade de inteligência do exército. O exército geral atribui ao tenente Sakuma o trabalho de observar o desempenho da unidade. A Agência D lança uma grande investida para encontrar novos agentes além dos militares japôneses, então Yuuki estabelece princípios à Agência, que vão contra a doutrina do EIJ (Exército Imperial Japonês): "Não matar, não morrer, não ser capturado." Com isso, Yuuki treina sua equipe de agentes que realizam missões contra os poderes nacionais e estrangeiros.

Comentários

Gapso - Um seinen de verdade, até que enfim. Eu sentia falta de animes assim. O início foi muito bom, pois a trama e toda a história foi resumida sem problemas, então já passamos a conhecer o clima e os personagens logo de começo. O fato do protagonista não ser um espião deixa as coisas mais interessantes, pois veremos vários pontos de vista diferentes no anime, com um certo drama psicológico que já deu para ser notado, inclusive, nas conversas inteligentes que aconteceram. Está ai um anime que vou gostar muito. Nota: 4/5



Título: Koutetsujou no Kabaneri
Fonte: Original
Gênero: Ação, Shounen
Estúdio: Wit Studio
Diretor: Tetsurou Araki
Número de episódios: -
PV1 PV2
Sobre: Com o mundo no meio de uma revolução industrial, um monstro que não pode ser derrotado ao menos que o seu coração, que é coberto por uma camada de ferro, seja perfurado. Infectando os humanos através da mordida, o monstro pode criar mortos-vivos agressivos conhecidos como Kabane. Na ilha Hinomoto, localizada no extremo leste, as pessoas construiram estações para se abrigarem e se protegerem contra essas criaturas. As pessoas acessam e trasportam atráves dessas estações com a ajuda de uma locomotiva movida a vapor, chamada Hayajiro. Ikoma, um garoto que vive na estação Aragane e ajuda a construir Hayajiros, cria seu próprio equipamento chamado Tsuranukizutsu para poder derrotar essas criaturas. Um dia, enquanto ele esperava a oportunidade para usar seu equipamento, ele conheçe uma garota chamada Mumei, que é dispensada da inspeção obrigatória de Kabane. Durante a noite, Ikuma se encontra com Mumei de novo enquanto vê um Hayajiro sair do controle. Toda a equipe na locomotiva se trasformou em Kabanes. A estação, agora está sobre o ataque de Kabanes, essa é a oportunidade que Ikoma estava esperando.

Comentários

Gapso -  Esse não foi como eu esperava com esse hype todo, embora tenha sido um bom episódio.

Mostrando cenas de horror logo de início, o anime apresentou o personagem principal por volta de diálogos e depois a invasão. Foi aí que me surpreendi com a heroína e com o protagonista naquelas ótimas cenas. A produção está bonita e o uso de CG do anime é muito bom, é bem acima da média os efeitos. A oppening no final do anime foi uma animação cheia de ação (mais que no episódio inteiro) e com uma trilha sonora ótima pela EGOIST.

Se o anime tivesse mais de um cour (pelo o que parece não terá) poderiam ter trabalhado essa introdução em dois episódios, que talvez seria o ideal. Parece que será cheio de horror, gritos, sangue e um pouco de gore até o final. Pode haver até um romance, e espero um desenvolvimento dos personagens que até então não foram nem um pouco aprofundados. Nota: 4/5


Título: Kuma Miko
Fonte: Manga
Gênero: Comédia, Seinen
Estúdio: Kinema Citrus
Diretor: Kenichirou Matsuda
Número de episódios: 12
PV1
Sobre: A história gira em torno de Machi, uma colegial que serve como sacerdotisa, consagrando um urso em um templo xintoísta nas extremidades de uma montanha na região de Tohoku, ao norte do Japão. O guardião de Machi é um urso falante chamado Natsu, um dia Machi diz para Natsu, "Eu quero ir para uma escola na cidade." O então preocupado Natsu - que é ignorante quanto a civilização - dá para Machi vários testes que terá que passar para ser capaz de sobreviver na cidade.

Comentários

Gapso - Ta aí um anime para quem quer um slice-of-life bem parado e calmo. Foi assim o episódio inteiro, com humor leve e cheio de cenas cômicas com o urso e sua amiga loli. A parte técnica também é muito boa e bonita (principalmente o background), como esperado do estúdio. Perto do final as piadas começaram a ficar mais pesadas e de uma certa forma mais engraçadas então foi divertido. É bem cômico, mas vale a pena apenas para aqueles que não ligam de um slice-of-life bem lento (quase parando, pelo menos em algumas partes) com bastante diálogo e humor quase sempre leve.  Nota: 3.5/5

Título: Mayoiga
Fonte: Original
Gênero: Mistério
Estúdio: Diomedea
Diretor: Tsutomu Mizushima
Número de episódios: -
PV1
Sobre: 30 jovens, cada um com seus traumas e problemas, embarcam em uma excursão de ônibus para uma vila desabitada, cercada por vários rumores misteriosos, aonde relatam ser possível alcançar uma utópica existencial, ou assim diz o rumor. Qual será a verdade sobre essa misteriosa cidade fantasma?

Comentários:

Gapso: Cara, que estranho esse anime. Todos personagens aparentam ter problemas pessoais e psicológicos. Fora a apresentação deles houve umas cenas meio bizarras que o tempo todo insinuavam que esse tal lugar em que estão chegando vai ter coisas no mínimo, sombrias. Os design de personagens da Diomedea é um pouco estranho. Eles fazem a estrutura do corpo bem fina como se todos fossem magrinhos e quase não dá pra notar a diferença dos mais velhos pros mais novos em questão física (há exceções). Aquela garota neurótica que queria ficar sem respirar enquanto o lanche não ficava pronto é estranha demais (Como se os outros não fossem) e ela ficou triste por causa da música do hipopótamo, bizarro. Estou curioso pra ver o quê isso vai dar. Nota: 3/5



Título: Netgame no yome wa onnanoko ja tai to Omotta
Fonte: Light Novel
Gênero: Comédia, Escolar, Romance
Estúdio: Project No.9
Diretor: Shinsuke Yanagi
Número de episódios: -
PV1
Sobre: A história gira em torno de Hideki Nishimura, um jovem que se confessou a uma pessoa que ele pensava que era uma menina online, mas descobre que era um menino. Ele decide nunca mais confiar em uma menina online novamente. No entanto, um dia uma menina on-line se confessou a ele, e não é que ela é realmente uma bela garota chamada Ako Tamaki. Ako não pode dizer a diferença entre o mundo online e realidade, e ela é uma solitária e totalmente doida que tem problemas para se comunicar. Hideki e seus amigos da sua guild decidem trabalhar juntos para ajuda-la superar seus problemas.

Comentários

Gapso - Ótima estreia! Não esperava que o anime fosse funcionar tão bem. A mistura de cenas dentro e fora do game e as ótimas piadas com referências MMORPG ficaram ótimos. 

O episódio introduziu muito bem a história e os personagens, e a que me chamou mais atenção foi a Ako obviamente. O fato dela ser tão moe, mas do nada ficar no seu modo yandere é muito engraçado. 

O design dela ficou muito bonitinho também. A animação estava legal e tiveram cenas muito bem feitas na luta do início do episódio. Na questão do fanservice, não pegaram pesado( No original é mais pesado), porém teve alguns ângulos aqui e ali para agradar quem gosta e isso deverá continuar. Espero um bom desenvolvimento de personagens para essa obra, que vai agradar tanto quem gosta de MMORPG como para aqueles que gostam de comédia romântica. Nota: 4/5


Título: Re:zero Kara Hajimeru Isekai Seikatsu
Fonte: Light Novel
Gênero: Drama, Fantasia, Psicológico
Estúdio: White Fox
Diretor: Masaharu Watanabe
Número de episódios: 25
PV1
Sobre: Um garoto é mandando para um mundo alternativo aonde encontra uma linda garota de cabelos prateados que salva sua vida. Infelizmente, ambos acabam mortos depois, e o protagonista acorda de volta aonde o dia começou, aprendendo que tem o poder de voltar no tempo toda vez em que morre.
Ele jura então salvar a garota de cabelos prateados não importa quantas veles ele tenha que voltar no tempo.

Comentários:

Ivan_Artory - Opa! e temos aqui a primeira surpresa da temporada. Posso falar com clareza que o primeiro episódio mesmo com esta longa duração não foi suficients para mim. A história mostrou ser muito comum a principio, sendo está a impressão com aquela velha história de um carinha que é mandado para outro mundo e blá-blá. Além de começar com aquele mistério com eventos aleatórios e sem explicação. Porém os personagens e a animação juntamente com o desenvolver do episódio acabou sendo realmente impressionante, estou literalmente apostando as minhas fichas nesse anime e aguardo fortemente o próximo episódio. Nota: 4/5

Gapso - Muito bom episódio. Começo com cenas muito engraçadas do protagonista tentando aceitar com o mundo em que foi parar, e logo começa a criar uma certa tenção na tal habilidade do personagem. Os personagens e toda animação é muito bem feita e bem acabada, acima da média. O CG usado na movimentação dos figurantes foi uma boa ideia para realmente passar a atmosfera que tudo ali é mais vivo (diferente de muitos animes que colocam os figurantes de rua parados ou com poucos frames de movimentação), e ainda se camufla bem com o 2D em várias partes. A direção também é ótima pois soube trabalhar os momentos mais leves e mais tensos do anime muito bem. Tem tudo pra dar cedo. Nota: 4/5


Título: Sakamoto desu ga?
Fonte: Manga
Gênero: Comédia, Escolar, Seinen.
Estúdio: Deen
Diretor: Takamatsu Shinji
Número de episódios: -
PV1
Sobre: A história foca no aluno mais "COOL" do colégio, realizando as proezas mais bizarras e se saindo bem de todas situações adversas em que se mete, incluindo tentativas de bullying de colegas invejosos.

Comentários

Gapso - É tão absurdo as cenas que não tem como você não achar hilário. Não tem muito o que dizer. É uma ótima comédia com vários compilados de cenas absurdas e bizarras que o protagonista faz.

A única coisa não tão boa é o enredo. Parecia vários episódios de anime curta juntos, o enredo não conseguiu ligar todas as cenas muito bem. Mas é uma comédia, isso não importa.

A parte técnica é bonita e deu conta de deixar todas cenas cômicas. Nota: 4/5


Título: Sansha Sanyo
Fonte: Manga
Gênero: Slice of Life, Escolar, Comédia
Estúdio: Dogakobo
Diretor: Kimura Yasuhiro
Data de estreia:
Número de episódios: -
PV
Sobre: Comédia focada em três garotas: uma presidente de conselho estudantil que parece um anjo mas é um demônio, uma garota esfomeada e uma de família rica que ficou pobre.









Título: Shounen Maid
Fonte: Manga
Gênero: Slice of Life, Comédia, Shoujo
Estúdio: Yuusuke Yamamoto
Diretor: 8bit
Data de estreia: Abril
Número de episódios: -
PV1
Sobre: A história gira em torno de um garoto que vai morar com o tio depois da morte da sua mãe. Ele acaba sendo obrigado a se vestir de empregada e fazer trabalhos domésticos na casa de seu tio.






Título: Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge
Fonte: Manga
Gênero: Comédia, Shounen, Escolar, Slice of Life
Estúdio: Silver Link
Diretor: Shinya Kawamo
Número de episódios: -
PV1
Sobre: Apoiando-se nos cotovelos, suspirando e com olhos sonolentos. Tanaka-kun é um garoto que, basicamente, não tenta, mas não é odiado. Esta é uma comédia de Tanaka-kun, um jovem descontraido e o tranquilo Oota que não pode deixá-lo sozinho.

Comentários

Gapso - Outro slice of life bem light. É basicamente, o protagonista e seus amigos na escola e a graça de tudo envolve o protagonista ser preguiçoso e ficar viajando e dormindo nas aulas. 

A parte técnica é bonitinha, o gênero não exige muito disso. É quase um anime "moe" só que com personagens masculinos. A preguiça e a atmosfera do protagonista é tão intensa que fiquei sonolento enquanto eu assistia. Vale a pena ver apenas para quem quer um slice of life super light sobre a preguiça de um protagonista, que te causará preguiça em dobro. Nota: 3/5


Título: Terra Formars: Revenge
Fonte: Manga
Gênero: Ação, Horror, Sci-Fi, Seinen, Espaço
Estúdio: LIDENFILMS
Diretor: Michio Fukuda
Número de episódios: -
PV1
Sobre: Segunda Temporada de Terra Formars.
Numa tentativa de colonizar Marte, cientistas do século XXI receberam a tarefa de aquecer o planeta para que humanos pudessem viver em sua superfície. Eles chegaram ao plano efetivo de enviar baratas e um molde para adaptar a superfície, isso absorveria luz do sol e purificaria a atmosfera, enquanto alimentaria os insetos cujos cadáveres ajudariam o molde a se espalhar. Quinhentos anos mais tarde, a primeira nave tripulada chega a Marte e os seis membros da tripulação são atacados por baratas mutantes humanoides com incrível força física mais tarde chamadas de Terraformars.

Ivan_Artory
Estou com bastantes expectativas pelo desenrolar da história de Terra Formars Revenge, esse é um dos poucos animes da temporada que diria estou no "hype" muito devido aos protagonistas. A animação em si está mantendo o nível da primeira temporada, e a história que estava bastante aberta na primeira temporada já começa a ser centralizada com a revelação de fatos importantes relacionados as missões a Marte. Nota: 4/5


Título: Anne happy♪
Fonte: Manga
Gênero: Comédia, Slice of Life, Escolar, Seinen
Estúdio: Silver Link
Diretor: Shin Oonuma
Número de episódios: -
PV1
Sobre: A história é focada na classe 1-7 do Colégio Tennogofune, onde todos os alunos com "karma ruim" ou azarados parecem se reunir. Hibari, uma estudante desta classe, que no primeiro dia de aula conheçe a azarada Hanako e a sempre machucada Botan, e juntas elas tentam achar um jeito de deixar a vida escolar mais divertida.

Comentários

Gapso - Slice of life bonitinho, para quem gosta. É bem engraçado o fato das personagens terem uma grande onda de azar que acaba gerando cenas bem aleatórias e sem sentido sobre elas. Até mesmo a professora delas é cômica e gera cenas engraçads. O anime é um tanto quanto bobinho, fofinho, do jeito que você preferir chamar. Não exige muito dá animação, mas ela cumpre seu trabalho em deixar o cenário agradável e o design de  personagens bonitinhas, com a principal tendo a mais bobinha e alegre e as suas amigas mais caracterizadas (Lembra Gakkou Gurashi neste ponto). Nota: 3/5


Título: Ushio to Tora 2
Fonte: Manga
Gênero: Ação, Shounen, Sobrenatural
Estúdio: MAPPA
Diretor: Satoshi Nishimura
Número de episódios: 13
Sobre: Segunda Temporada de Ushio to Tora.
Ushio to Tora conta a história de Aotsuki Ushio, um garoto descendente de um antigo samurai que derrotou e aprisionou um poderoso Youkai, e Tora, o tal Youkai com aparência de tigre que acaba sendo libertado por Ushio. A série foca na relação de ambos, enquanto os dois entram em várias batalhas contra outros demônios.




Comentários:

Gapso - Não tem muito o que dizer. Vai encerrar a história do mangá e vai continuar com a mesma direção/animação/staff da primeira parte. Eu particularmente gosto muito pelos traços antigos e por lembrar outros clássicos. Nota: 4/5

Ivan_Artory
Ushio to Tora está mantendo o padrão da primeira parte da série. É difícil argumenta sobre um anime que já é consolidado e que tem a sua história já definida na primeira versão da animação, eu realmente estou gostando do "remake" e acredito que a animação está bastante consistente em seu propósito. Nota:4.5/5


Título: Wagamama High Spec
Fonte: Visual Novel
Gênero: Slice of Life, comédia
Estúdio: AXsiZ
Diretor: Satoshi Shizumu
Número de episódios: 12
PV1
Sobre: A Visual Novel desenvolvida pela Madosoft revelou na Comic Market 88 que a visual novel adulta Wagamama High Spec irá receber uma adaptação em anime.
A visual novel gira em torno de Kouki Narumi, uma colegial que desenha em um manga que é publicado semanalmente. O manga que ela desenha é uma comédia romantica picante, por isso ela sempre mantém segredo sobre isso, sendo sua irmã mais nova Toa e sua melhor amiga Mihiro as únicas que sabem. Mas um dia, enquanto a presidente do conselho estudantil procurava por membros masculinos para o conselho, ela descobre que Kouki é a autora do manga. Kouki entra no conselho estudantil em troca de Kaoruko não revelar seu segredo.

Comentários

Gapso - Short anime. Não deu pra pegar nada do primeiro episódio, alem das garotas do conselho estudantil tirando a roupa e inexplicavelmente gelando o lugar e depois ficando com calor (?). Nota: 2/5

Lokidrake
Nada contra animes shorts, porém este anime nos dois primeiros episódios não contam com nada além de fã service e cenas aleatórias, fugindo totalmente ao plot e não dando gancho para interesse do espectador, possuí uma qualidade razoável de animação, porém nada acima da média. Nota: 1/5


Título: Seisen Cerberus
Fonte: Mobile Game
Gênero: Aventura, Ação, Fantasia
Estúdio: Bridge
Diretor: Nobuhiro Kondo
Número de episódios: -
PV1
Sobre: O anime segue o jovem de 16 anos Hiiro num mundo medieval que sempre carrega sua espada, a fim de vingar a morte de seus pais, matados pelo dragão do mal Danguard.

Comentários

Momong4- Assisti com um pé atrás por causa do estúdio, mas me surpreendi por ser bom (Embora não seja lá grande coisa). Bem clichê, mas da para suportar. O episódio deixou umas coisas em aberto (espero que eles arrumem isso mais pra frente), o protagonista é legal, porém nada a declarar. A animação não é uma magnitude exemplar mas da para suportar, enfim esperar mais pra frente pra ver no que dá. A trilha sonora é legal,curti.Nota: 3.5/5


Título: Pan de Peace!
Fonte: Manga
Gênero: Escolar, Slice of Life, Comédia
Estúdio: Asahi Production
Diretor: Hatsuki Tsuji
Número de episódios: - (3min)
Sobre: A história gira em torno de Minami, uma cabeça de vento que está começando no ensino médio e que ama comer pão no café da manhã, algo que ela também faz para trazer alegria para seus colegas de classe.

Comentários

Gapso - Tá asduhusah. Uma garota é fanática por pão e conhece o nome de todos os tipos, ai ela vai pra uma escola e conhece outras lolis que também gostam de pão, ai elas viram amigas por "pão". Ahh, esses japoneses auhsauhas. Nota: 4/5


Título: Onigiri
Fonte: Game
Gênero: Ação, Aventura, RPG
Estúdio: Pierrot Plus
Diretor: Takashi Yamamoto
Número de episódios: -
PV1
Sobre: Onigiri mergulha os jogadores em um Japão místico, uma ilha repleta de criaturas mágicas das lendas japonesas. Os jogadores lutam contra a influencia maléfica de Kamikui e seu miasma que se espalhou por toda a ilha. 8 NPCS, cada um com sua personalidade e habilidades distintas, aliadas que ajudam o jogador a construir sua própria lenda, e acabar com o mal que está surgindo, onde você cresce em conjunto e acaba formando ligações entre si.
Sinopse oficial do anime ainda não divulgada.

Comentários

Gapso - Pensei que seria um anime com duração normal, e não um short. Anime bem aleatório, o episódio em seu pouco tempo mostrou as personagens derrotando os monstros, junto com alguns personagens do sexo masculino - que não tem voz no anime - e depois algumas cenas aleatórias delas em um lugar pacífico. É uma mistura de non-sense de anime short com fanservice. Nota: 2/5


Título: Hai-Furi
Fonte: Original
Gênero: Slice of Life, Escolar
Estúdio: Production IMS
Diretor: Yuu Nobuta
Número de episódios: -
PV1
Sobre: Com o Japão havendo desenvolvido uma nação marítima, isto tornou necessário escolas especializadas a ensinarem as habilidades para proteger o mar. O panorama da história é uma escola somente para garotas. As garotas que se matriculam estudam para se tornar "Blue Mermaids" através de instruções e aprendizado de técnicas práticas na escola. As "Blue Mermaids" são mulheres que perseguem o oceano para sua ocupação profissional. Elas vivem o lema "No mar nós vivemos, o mar nós protegemos, e pelo mar nós iremos." Elas devem se sobressair em seus estudos, porém devem adotar uma mentalidade internacional. Elas são a "Elite dos Mares" e é esperado que saibam sobre os costumes e culturas de todos os países assim como o de seu próprio país.

Comentários 

Gapso - Um anime escolar sobre o ambiente marítimo com várias garotas bonitinhas lutando comandando os navios. Você acaba aprendendo como funciona dentro de um navio e alguns sistemas marítimos com esse anime, ele é até bem informativo e interessante por este ponto. É interessante, nada mais que isso e nada acima da média tecnicamente. Vale a pena para quem gosta de animes com garotas bonitinhas na escola - no mar -. Nota: 3.5/5


Título: Endride
Fonte: Original
Gênero: Ação, aventura, fantasia.
Estúdio: Brains Base
Diretor: Keiji Gotoh
Número de episódios: 24
PV1
Sobre: O protagonista descobre um cristal místico na empresa de seu pai e é teleportado para um mundo fantástico. Ele aparece dentro de uma cela com um príncipe revoltado com o reinado do Rei atual e está encarcerado. Juntos eles vão se unir para um voltar para seu mundo e o outro fazer vingança.

Comentários

Gapso - Anime ok. Foi literalmente como dito ai em cima, na sinopse. Não me empolgou muito, tem uma parte técnica aceitável embora não seja nada mediano/bom e também não é uma história muito chamativa, para mim. Nota: 2.5/5

Lokidrake
Este é um anime padrão de um garoto que vai para um mundo de fantasia e ganha um poder especial misteriosamente. Não possuí uma animação que chame a atenção, e a ambientação do mesmo não se destaca. É um anime de 24 episódios, porém com as expectativas este poderia ser um anime de 10/12 episódios sem muitos problemas. Nota: 2/5

Título: Show By Rock 2 temporada
Fonte: Original
Gênero: Comédia, música
Estúdio: Bones
Diretor: Takahiro Ikezoe
Data de estreia: Abril
Número de episódios: 12
PV1 PV2 PV3
Sobre: Metrópole da música, MIDICITY. Uma menina gatinho vestindo roupas de lolita gótica chamada Cyan é olhada pelo Maply Arisugawa, o presidente de uma agência de música. De lá, ela encontra Chuchu (um trocadilho fora do som que os coelhos fazem) a menina coelho estudante de honra, uma menina cão chamada Retoree (de "retriever"), e uma garota ovelha estrangeira (?) chamada Moa. Juntoa, elas formam a banda com o nome "Plasmagica", e eles apontam o topo do mundo!
No entanto, o caminho é longo e difícil, e se manter em alto astral é importante. Lutando contra outras bandas estranhas, Plasmagica cresce lentamente em direção a uma banda top de linha. No final, eles vão ser uma banda que passa a ser a força motriz da indústria musical de MIDICITY ... Talvez?


Título: Sousei no Onmyouji
Fonte: Mangá
Gênero: Ação, Sobrenatural
Estúdio: Pierrot
Diretor: Tomohisa
Número de episódios: --
PV1
Sobre: A história acompanha um par de exorcistas destinados a se casarem apesar de não gostarem da ideia. Um deles tenta evitar seu destino de virar um exorcista de qualquer forma, até seu amigo ser capturado e ele precisar da ajuda de seu par para salvá-lo.

Comentários

Gapso - Este até que me surpreendeu. A animação estava mediana (o que é até considerado bom para este estúdio que até pouco tempo só fazia coisa horrível.) e teve coisas que chamaram atenção. Houve um pouco de fanservice que provavelmente vai continuar, já que o mangá é da Jump SQ. A introdução do par protagonista é boa o bastante para entender o lado de cada um. O protagonista masculino que aparentemente teve algum trauma ou coisa parecida na infância, já estava decidido a não ser um exorcista, mas esse lado de querer derrotar o mal dele logo foi disperçado novamente quando ele vê a garota se esforçando e ganha a vontade de protegê-la. Na parte da ação foi onde fiquei surpreso. Houveram poucos cortes e cenas estáticas na batalha (Coisa que é bem normal em cenas de lutas de estúdios medianos/fracos). 
 Quando eles ativam aquele portal e começam a lutar, os filtros e efeitos do anime mudam e acabam chamando bastante atenção para a batalha. A animação neste ponto é boa, pelo menos na média e as coreografias também são realmente boas, este foi o ponto que mais me agradou, pois teve muita cena legal na batalha. Nota: 3.5/5


Título: Kiznaiver
Fonte: Original
Gênero: Sci-fi, suspense, ação
Estúdio: Trigger
Diretor: Hiroshi Kobayashi
Número de episódios: --
PV1 PV2
Sobre: Esta uma história de laços criados por feridas; um conjunto de drama sci-fi sobre meninos e meninas que compartilham de sua dor. A história se passa na fictícia Sugomori City, uma cidade futurista construída sobre uma terra recuperada. Agata Katsuhira é um estudante de ensino médio nesta cidade, ele é afligido por uma doença que entorpece seu sentido de dor. Um dia, logo antes das férias de verão, Katsuhira é abordado pela misteriosa Noriko Sonosaki. “Você foi selecionado para ser um Kiznaiver”, ela diz. Os Kiznaivers são aqueles que “compartilham sua dor” entre si; quando um Kiznaiver sente dor, o sistema divide em partes a ferida com os outros Kiznaivers. Seus companheiros Kiznaivers são colegas com personalidades completamente diferentes e interesses, são pessoas que não se entreolhariam em circunstâncias normais. Noriko lhes diz “Esta é uma experiência crucial para pôr fim a este mundo de conflitos e alcançar a paz” e, portanto, o grupo é forçado a enfrentar uma série de duras provações incomuns para alcançar seu objetivo.

Comentários

Gapso - Estúdio Trigger surpreendendo. A apresentação do personagem principal é logo na primeira metade do anime, mostrando que ele "não ta nem ai pra nada" e não sente dores. Também somos apresentados aos outros personagens, os outros "pecados capitais" que foram juntados por uma ótima explicação daquela personagem de cabelos prateados. 

É um anime bem difícil de analisar com apenas um episódio, pois temos muitos personagens para entendermos e um passado do protagonista que está em aberto. Embora toda a explicação por trás disso tenha sido ótima.

A parte técnica é muito bonita, mesmo. Os traços são muito bem feitos, toda animação é bem feita, mesmo com algumas partes ficando bem cartoonescas (Querendo ou não, é uma característica deste estúdio). Nota: 4.5/5


Título: Kuromukuro
Fonte: Original
Gênero: Mecha, Ação
Estúdio: P.A Works
Diretor: Tensai Okomura
Número de episódios: --
PV1
Sobre: Graças à investigação de um misterioso “Artefacto” descoberto acidentalmente durante a construção da barragem, a engenharia robótica deu um grande salto em desenvolvimento. (Unica história revelada até agora referente ao anime, no PV1)

Comentários

Gapso - Eu não sou muito fã de mecha (embora eu tenha os meus favoritos), mas fiquei realmente curioso pelo anime, por ser original da PA Works, estúdio que nunca trabalhou com este gênero.

O episódio não disse muito, nada verdade quase nada. Nos foi apresentado a heróina, a sede da ONU em que o anime deve se passar e depois a invasão de robôs gigantes à sede. E acabou surgindo o espadachim que usa uma espécie de "katana de luz".

 A parte técnica estava bem consistente,  não tem muito o que falar sobre. O episódio não chamou muito minha atenção, embora seja porque não sou tão fã de mecha, mas para quem gostam do gênero acho que deve apenas ver mais uns 2 episódios para saber se acompanha ou não. Nota 3/5

***

Alguns curtas não foram adicionados a lista.

HISTÓRICO DE EDIÇÕES

02/4 - Análise de Gapso em Mayoiga, Ushio to Tora 2, Asterisk Wars 2 e Ace Tornary.
03/4 - Análise de Gapso em Pan de Piece e Boku Academia
04/4 - Análise de Ivan_Artory em Boku Hero Academia e Re:Zero; Análise de Gapso em Re:zero, Kuma Miko e Endride e Análise de Momong4 em Hundred e Seisen Cerberus.
06/4 - Análise de Gapso em Bungo Stray Dogs, Sousei no Onmyouji e Joker Game.
07/4 - Análise de Gapso em Anne Happy, Bakuon e NetGame
08/4 - Análise de Gapso em Koutetsujou no Kabaneri
09/4 - Análise de Gapso em Sakamoto Desu ga? e Kiznaiver
10/04 - Análise de Gapso em Flying witch, Tanaka-kun e Kuromukuro
12/04 - Análise de Gapso em Onigiri, Haifuri e Wagamama High Spec
14/04 - Análise de Ivan_Artory em Terra ForMars, Flying Witch, Ushio To Tora, BeyBlade.
16/04 - Análise de Gapso em Big Order
***

5 comentários:

  1. Boku no Hero vai ser com certeza um dos melhores da temporada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não discordo, porém acho que muitos outros se destacarão mais ou igualmente.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Onde voces assistem animes?Tipo se for legendado,a legenda é bem feita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parte do pessoal da equipe baixa direto das fansubs (Animakai, punchsub) eu e o Momong4 assistimos no anitube (que também pega os animes destes fansubs e mais outros)

      Excluir


HGS Anime - 2016