Review Mensal - Mangá Platinum End #4 - A pessoa que admiro. - HGS Anime HGS Anime: Review Mensal - Mangá Platinum End #4 - A pessoa que admiro.

domingo, 6 de março de 2016

Review Mensal - Mangá Platinum End #4 - A pessoa que admiro.


Se houver algum erro no texto, me avisem nos comentários para eu corrigir. Críticas e sugestões sobre o review também serão sempre bem vindas.


Capítulo 4 - A pessoa que admiro.


E aconteceu, Mirai ficou sob os comandos de Saki-chan. Dá pra notar isso claramente pelo fato do protagonista ficar mais "soltinho", falando sobre seu amor por ela e não escondendo nada, coisa que não faria se não estivesse sobre o efeito da flecha vermelha.


No quarto de Saki, seu anjo Lepel, faz várias perguntas para Mirai e pede para que ele seja as asas da garota e uma linha de vida entre os dois é feita.
É mostrada uma linda cena do protagonista e Saki voando juntos após darem as mãos e saírem para testar suas asas.

Clique na imagem para ampliá-la.

Após tudo isso, eles começam a se preocupar com Metropoliman e Nasse chega escutando toda conversa, e percebe que Lepel está controlando Mirai para que Saki possa conseguir seus poderes caso ele ou Metropoliman morram. Saki diz que não deseja nada de ruim para o protagonista. Lepel acaba pedindo desculpas por isso e vemos como ele estava tentando tomar o controle de tudo antes de Nasse chegar.

Lepel propõe que os quatro façam uma certa aliança, pelo menos para acabar com Metropoliman que é uma grande ameaça, e Mirai subitamente concorda com tudo, certo de que dará sua vida pela proteção de Saki e que será feliz com ela.

Clique na imagem para ampliá-la.
Passam-se os 33 dias em que Mirai está sobre controle de Saki e Lepel, e de novo aparece Metropoliman na TV. Desta vez, querendo enganar a todos, ele diz que os tais adversários que vieram do céus são companheiros e que ele gostaria de resolver o problema de uma forma "pacífica" reunido-se com todos em um certo estádio em dois dias.

Também é dito que todos candidatos são japoneses, e o motivo por trás disso é a alta taxa de suicídio do país que fez com que todos fossem de lá. É até um argumento válido, porém não consegui engolir isso facilmente. Parece que eles querem de certa forma, resumir a obra pra uma coisa muito mais simples. O que é uma pena, pois seria muito mais interessante se fossem pessoas do mundo inteiro. O mangá renderia bem mais com isso.







E o capítulo acaba com Mirai chegando no meio à multidão do estádio no dia combinado fingindo ser uma pessoa normal. Me preocupo quando penso o caminho que o mangá está tomando. Não quero que tudo acabe rápido de mais (tá acontecendo tudo dessa forma).

Ta vendo esse espaço aéreo? Vai ter um battle royale ferrado ai.
***

O que estão achando do mangá até aqui? Comentem e opinem nos comentários!

Crédito das scans traduzidas à br.mangahost



Nenhum comentário:

Postar um comentário


HGS Anime - 2016